Como a teoria das janelas quebradas afeta o seu condomínio

Como a teoria das janelas quebradas afeta o seu condomínio

Um ambiente desorganizado gera mais desordem. Esse é o princípio da teoria das janelas quebradas, que vem sendo trabalhada desde a década de 1980 por estudiosos da criminologia. E não é preciso andar nas ruas de uma cidade violenta para constatar isso. Às vezes, a razão para os problemas está dentro do seu condomínio. Continue conosco e entenda por quê.

Teoria das janelas quebradas aplicada ao condomínio

A teoria das janelas quebradas foi desenvolvida pelos cientistas sociais James Q. Wilson e George Kelling. Em artigo publicado na revista The Atlantic, em 1982, os autores expõem esse pensamento. Dizem eles:

“Considere um edifício com algumas janelas quebradas. Se não forem consertadas, a tendência é que vândalos quebrem mais janelas. Em algum momento, eles podem até mesmo invadir o prédio e, se estiver inabitado, talvez ocupem o lugar e acendam uma fogueira lá dentro.”

Outro exemplo citado pelos cientistas é do lixo acumulado na calçada. Se ninguém remove os dejetos, logo mais pessoas depositam entulho ali.

Em resumo, a impressão de abandono de um espaço leva ao descaso geral. Não há alguém que tome conta daquele local, então por que você deveria se preocupar, não é mesmo? Ocorre que, à medida que o entorno vai se deteriorando, o ambiente se torna cada vez mais inóspito. E aí, quando não existem mais condições de um convívio civilizado, abre-se espaço para a criminalidade e a violência.

Guardadas as devidas proporções, é mais ou menos isso que acontece num condomínio sem manutenção. Imagine uma portaria vazia, sem vigilante. O clima de insegurança aumenta, o que favorece a possibilidade de assaltos no portão de entrada.

Agora visualize uma caçamba de lixo com material orgânico e inorgânico misturado. Aparentemente, não há preocupação com coleta seletiva entre os condôminos. Sendo assim, por que o morador do 501 separaria o próprio lixo?

Terceirização aumenta o bem-estar coletivo

De acordo com a teoria das janelas quebradas, a solução para evitar a desordem está na manutenção preventiva. No caso de um condomínio, é preciso zelar pelo bem comum. Assim, todos os habitantes se sentem um pouco responsáveis pelo espaço.

Eis a lógica: o corredor está limpo? Então não serei eu o primeiro a jogar um papel no chão. O jardim está florido? Então não vou pisar na grama. O lixo está separado? Então também vou destinar cada material ao latão correspondente. Trata-se de um novo patamar de convivência social, muito mais harmônico e salubre.

Nesse aspecto, os serviços de manutenção predial, limpeza e portaria são indispensáveis para estabelecer o padrão a ser seguido. E a terceirização é o caminho mais econômico para atingir esse objetivo.

Os colaboradores de uma prestadora terceirizada passam por treinamentos constantes. Ou seja, eles já chegam ao local da missão sabendo o que precisa ser feito e como realizar a tarefa da maneira mais eficiente, já que há um estudo prévio de cada situação pela supervisão.

Não bastasse a produtividade, o cliente ainda fica livre de encargos trabalhistas. Desse modo, a contratação da equipe sai mais em conta, barateando a taxa de condomínio.

Quer saber mais sobre terceirização de serviços prediais? Então entre em contato com a Inconfidência. Temos mais de 40 anos de experiência no ramo e podemos ajudar no que for preciso.

Atendimento via WhatsApp
Converse via WhatsApp com nossa equipe para tirar suas dúvidas ou solicitar a visita de um consultor em sua empresa