Limpeza com álcool traz mais prejuízos que benefícios

Limpeza com álcool traz mais prejuízos que benefícios

A tecnologia evolui em diversos âmbitos da sociedade, e não seria diferente no ramo de higienização de ambientes. Você sabia que a limpeza com álcool já não é considerada uma maneira tão eficiente de desinfetar superfícies? Existem alternativas mais seguras e com melhor custo/benefício. Fique conosco e entenda.

Por que não usar álcool na limpeza

O álcool etílico, por muito tempo, foi considerado uma solução barata e eficiente. A substância consegue eliminar germes, garantindo a assepsia necessária para cozinhas, clínicas hospitalares, escritórios e até veículos de passageiros.

Só que esse curinga da limpeza também tem suas desvantagens. A principal delas é que se trata de um produto muito abrasivo. Por isso, ele é capaz de danificar objetos no longo prazo. A fórmica da mesa, a borracha que veda a geladeira e o acrílico dos suprimentos de escritório são apenas alguns dos materiais que ressecam em contato com o etanol.

Os computadores e periféricos também podem sofrer avarias, pois componentes eletrônicos são sensíveis ao álcool comum. Ou seja, a limpeza com o sanitizante inadequado diminui a vida útil dos aparelhos, forçando a substituição desses bens e elevando o custo operacional da empresa.

Outra questão diz respeito ao perigo ambiental. Essa substância altamente inflamável eleva o risco de incêndios e outros acidentes no local de trabalho. Portanto, limpeza com álcool não garante a sustentabilidade de um negócio. Pelo contrário: ela põe em risco a saúde dos colaboradores e a integridade do meio ambiente.

Terceirização oferece soluções seguras para a limpeza

A boa notícia é que o mercado tem opções seguras, biodegradáveis e altamente eficientes na higienização de superfícies. O segredo está em conhecer as especificidades de cada substância.

A equipe responsável pela limpeza deve saber interpretar a FISPQ do sanitizante. A Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos lista os elementos da fórmula, os dados sobre risco de intoxicação e os cuidados para a aplicação correta.

Além disso, o pessoal deve observar boas práticas em todas as etapas do serviço. O uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras e luvas, é essencial para assegurar o bem-estar dos funcionários. Igualmente, o armazenamento dos artigos o descarte dos resíduos têm de ser feitos com cuidado. Isso evita vazamentos e consequências à natureza.

Como você percebeu, trata-se de uma função que exige preparo técnico. Porém, investir em treinamento de colaboradores e em produtos de limpeza profissionais pode ser dispendioso, ainda mais quando esse não é o foco da companhia.

A saída para economizar? Terceirização da limpeza. Uma prestadora conta com profissionais qualificados, que passam por cursos de capacitação e conhecem os melhores procedimentos de higienização de ambientes. Em acréscimo, você contrata o serviço de acordo com a demanda, pagando apenas uma taxa fixa. Não há incidência de encargos trabalhistas nem outros adendos que encareçam o preço final.

A Inconfidência atua com fornecedores consolidados e certificados, como Girassol, Polwax e Fortpel. Esses fabricantes são referência em limpeza.

Confie em nossa experiência. Entre em contato conosco e solicite um orçamento! Nós podemos ajudar você a tornar seu negócio mais lucrativo.

Atendimento via WhatsApp
Converse via WhatsApp com nossa equipe para tirar suas dúvidas ou solicitar a visita de um consultor em sua empresa