Você sabe fazer a limpeza de televisores, computadores e projetores?

Você sabe fazer a limpeza de televisores, computadores e projetores?

As telas estão por todos os lados. Do computador no escritório ao celular no bolso, sempre há um dispositivo para acelerar a comunicação, facilitar o trabalho ou entreter nos momentos de lazer. O problema é que o contato constante dos nossos dedos engordurados com os aparelhos de touchscreen causa manchas indesejáveis.

Se você já tentou remover a sujeira de televisores, projetores e monitores, sabe que esse trabalho nem sempre é tão simples. Esfregar qualquer pano no visor pode deixá-lo embaçado. Já o uso de produtos químicos compromete a integridade dos componentes. Confira as dicas a seguir e veja como limpar eletrônicos corretamente.

Use um pano macio para limpar a tela

Monitores de LCD, LED e afins são bastante frágeis. Qualquer pressão mais forte sobre o aparelho pode causar danos irreparáveis. Logo, tanto a maneira de limpar quanto as ferramentas usadas na higienização devem ser suaves.

Primeiro escolha o pano adequado. Nossa indicação é a flanela de microfibra. Esse tecido não solta fiapos, sendo o mais indicado para a função.

Evite limpar a tela do equipamento com a manga da camiseta ou com um retalho de algodão, por exemplo. Esses materiais podem causar arranhões.

Faça movimentos numa única direção. Deixe a mão leve, sem exercer força sobre o dispositivo.

Evite álcool, lustra-móveis e outras substâncias

O pano seco é suficiente para limpar objetos delicados como projetores, monitores e televisores. Se o nível de sujidade estiver muito alto, você pode umedecer o tecido com água, mas tome cuidado para não o encharcar. Bem sabemos que líquidos não combinam com peças eletrônicas…

Jamais use limpa-vidros, lustra-móveis, álcool ou outros químicos abrasivos. Essas substâncias são capazes de descolorir a tela permanentemente.

O único produto aceito para a higienização de eletrônicos é o álcool isopropílico. Ele pode ser aplicado sobre a flanela e, em seguida, espalhado na área a ser limpa.

Os ricos de usar álcool isopropílico na limpeza de eletrônicos

Porém, atenção para o alerta. Esse tipo de álcool, que é diferente do álcool de cozinha, tem menos de 1% de água em sua composição. Trata-se de um artigo altamente inflamável.

E o que muitos eletrônicos emitem? Isso mesmo: calor. Como a mistura de uma fonte de energia com um combustível pode ser, literalmente, explosiva, o álcool isopropílico deve ser usado em situações esporádicas. No mais, o procedimento de limpeza deve ser realizado com os equipamentos eletrônicos desligados. Essa medida aumenta a segurança.

Equipe especializada evita avarias na limpeza de eletrônicos

Como você pôde perceber, limpar notebooks, projetores e outros gadgets às vezes é mais difícil do que se imagina. É por isso que existem os serviços especializados de limpeza.

Com a terceirização, você delega a tarefa a uma equipe altamente capacitada. Os profissionais passam por treinamentos para realizar a missão de acordo com as melhores práticas do ramo, garantindo práticas sustentáveis e a máxima eficiência. Além disso, eles são contratados sob demanda, gerando menos custos à empresa.

Quer saber mais? Então confira nosso artigo sobre as cinco vantagens da terceirização! Obrigado pela leitura e até uma próxima oportunidade.

Atendimento via WhatsApp
Converse via WhatsApp com nossa equipe para tirar suas dúvidas ou solicitar a visita de um consultor em sua empresa