Inconfidência

3 cuidados simples de higienização no inverno

O comportamento das pessoas pode agravar a transmissão de doenças, especialmente em lugares fechados. Por isso, você deve observar alguns cuidados de higienização no inverno. São medidas simples, mas que ajudam a tornar qualquer ambiente mais saudável.

Dicas de limpeza e higiene para o inverno

Hoje reunimos três dicas importantes para quem quer evitar a proliferação de germes em escolas, escritórios ou academias. Se necessário, nos links ao lado tem artigos específicos para cada um desses tipos de estabelecimentos. Boa leitura!

1. Mantenha a ventilação

Quando a temperatura está baixa lá fora, a tendência é fecharmos todas as janelas. Só que aí o ambiente represa uma quantidade muito maior de microrganismos, elevando o risco de infecções respiratórias.

“Manter o local ventilado diminui a chance de o vírus passar de uma pessoa para outra, permanecer no ar por algumas horas e cair nas superfícies, contaminando mais gente”. É o que explica Marcos Cyrillo, diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), em entrevista à CNN.

Portanto, deixe as janelas abertas sempre que possível. Essa medida também ajuda a controlar o mofo, que pode desencadear quadros de rinite alérgica.

2. Limpe as superfícies de alto toque

A transmissão de vírus, fungos e bactérias continua mesmo que haja a devida circulação de ar. Logo, além das janelas abertas, é necessário manter o local limpo.

Preste atenção a superfícies como torneiras, maçanetas, interruptores e corrimões. Elas devem ser higienizadas com frequência, usando-se álcool, água sanitária ou outro sanitizante específico (no caso de materiais mais delicados). Como muita gente encosta nesses pontos todos os dias, há uma probabilidade maior de proliferação de microrganismos.

Outro agravante para as crises respiratórias são a poeira e os ácaros. Esses elementos se proliferam em depósitos e bibliotecas, por exemplo. A dica é passar aspirador de pó para evitar o acúmulo de sujeira.

Saiba mais: Como manter superfícies de alto toque livres de vírus

3. Lave as mãos

As mãos são uma via de entrada para diversos microrganismos patogênicos. Desse modo, todas as pessoas presentes no local precisam manter a higiene.

A dica é simples: se as mãos estiverem visivelmente sujas, deve-se usar água e sabonete. Não se esqueça de lavar todas as partes, incluindo os pulsos e abaixo das unhas.

Já quando as mãos estiverem aparentemente limpas, o álcool em gel serve para frear a disseminação de vírus e bactérias. Ainda, evite tocar os olhos, o nariz ou a boca após contato com superfícies e objetos de uso comum.

Terceirização ajuda a reforçar a limpeza

Para garantir resultados ainda melhores na higienização de ambientes, tanto no inverno quanto em qualquer outra estação do ano, você deve contar com especialistas. Nossa sugestão é terceirizar os serviços.

Uma equipe profissional passa por cursos de capacitação, treinamentos constantes e acolhimento emocional. Assim, chega ao local de trabalho pronta para executar qualquer missão. Os colaboradores seguem manuais de boas práticas, utilizam equipamentos de proteção individual e atendem a índices de desempenho (KPIs) para garantir a qualidade dos resultados.

Quer saber mais? Então acesse nosso artigo sobre as 5 vantagens da terceirização de serviços. Precisando de um orçamento, é só entrar em contato com a Inconfidência. Atendemos em diversas regiões do Rio Grande do Sul.

Assine nosso blog!

Assine nosso blog!