Garçom e fidelização de clientes: veja as habilidades necessárias

Garçom e fidelização de clientes: veja as habilidades necessárias

Quando você abre um novo restaurante, a intenção é que o público visite, goste da casa e retorne várias vezes, certo? Pois a fidelização da clientela passa por um atendimento de qualidade. Nesse aspecto, o garçom cumpre um papel fundamental. Veja como a escolha da equipe pode fazer a diferença no seu negócio.

Garçom atua como consultor de vendas do restaurante

Já faz tempo que os varejistas de sucesso promovem a venda consultiva. O atendente de uma loja não deve sair empurrando qualquer produto ao consumidor. Em vez disso, ele deve compreender quais são as necessidades do cliente e, a partir daí oferecer as opções mais adequadas.

A mesma lógica se aplica ao serviço de um restaurante.  Um visitante novo provavelmente não conhece os pratos do cardápio. Cabe ao garçom, então, entender brevemente os gostos da pessoa para indicar a melhor refeição.

Esse trabalho envolve diferentes habilidades. Primeiro, é necessário demonstrar simpatia. Um sorriso no rosto e uma fala amigável abrem caminho para a conversa. São sinais de solicitude, ou seja, de que o funcionário está disposto a ajudar no que for preciso.

Junto a isso há o conhecimento. O garçom tem de saber quais são os itens do menu, quanto custa um prato, até que horas a cozinha fica aberta… Enfim, ele deve ter capacidade de responder a quaisquer dúvidas que o consumidor possa apresentar.

Nesse ponto, as noções de gastronomia são bem-vindas. O atendente pode, por exemplo, sugerir um vinho que harmonize melhor com a carne. Desse modo, o que era para ser apenas uma janta se transforma numa experiência única ao paladar. Aí, é claro, um cliente satisfeito tem mais chances de retornar ao estabelecimento.

O garçom também deve ser perspicaz para antecipar demandas. Por exemplo, digamos que uma família com crianças chegue ao local. Assim que acomoda o grupo à mesa, o colaborador pode explicar que o restaurante conta com sala de recreação e apontar o caminho. Os pequenos ficarão entretidos e os pais poderão saborear a refeição por mais tempo.

E se sobrar comida à mesa? Antes mesmo que alguém peça, o profissional pode sugerir que o prato seja embalado para viagem. Essa proatividade, aliada a um atendimento ágil, contará pontos para a fidelização da clientela.

Finalmente, devemos falar da apresentação pessoal. A higiene e o asseio transmitem preocupação com a qualidade do serviço. Uma equipe de garçons deve manter o uniforme alinhado, o cabelo aparado ou preso e as unhas cortadas e limpas. Mesmo que a cozinha do restaurante esteja impecavelmente higienizada, funcionários desleixados farão você perder público.

Como ter garçons preparados para fidelizar a clientela

Investir em treinamento de colaboradores é uma despesa que nem todo empreendimento iniciante consegue bancar. Fora que se leva algum tempo até que os funcionários conquistem a experiência necessária para o cargo.

Você precisa de garçons prontos para a tarefa? Então terceirize o serviço.

A empresa prestadora fará uma triagem de profissionais, encontrando as pessoas mais aptas a atuar no seu restaurante. A equipe já chegará preparada para desempenhar a função, pois passou por capacitações e conhece as melhores práticas de atendimento ao público.

Quer saber mais? Então confira nosso artigo com as 5 vantagens da terceirização. E conte com a Inconfidência sempre que necessário. Teremos satisfação em ajudá-lo a prosperar nos negócios.

Atendimento via WhatsApp
Converse via WhatsApp com nossa equipe para tirar suas dúvidas ou solicitar a visita de um consultor em sua empresa