Cuidados essenciais na higienização de instituições de ensino

Cuidados essenciais na higienização de instituições de ensino

Creches, escolas, cursinhos e faculdades também são lugares de socialização. Não importa o estágio da vida em que a pessoa se encontre: a instituição de ensino será o lugar tanto para aprender quanto para conhecer pessoas e trocar ideias. Só que muita gente junta eleva a quantidade de sujeira no ambiente. Portanto, os cuidados de higienização devem ser intensos.

Como cuidar da higienização em instituições de ensino

Hoje vamos explicar alguns procedimentos de limpeza e desinfecção específicos de educandários. Fique conosco para conhecer a maneira certa de lidar com esse desafio:

Sala de aula

A limpeza da sala de aula deve ocorrer a cada troca de turno. A atenção especial vai para pó, restos de papel e até migalhas de alimentos nas classes e no chão.

Armários e lousas também devem ser higienizados, pois isso aumenta a vida útil do mobiliário. Pode ser necessário o uso de produtos químicos específicos, que tirem manchas sem danificar os materiais. Cadeiras de plástico, por exemplo, ressecam com a aplicação constante de álcool, então é melhor encontrar uma alternativa menos abrasiva.

Lembre-se: a limpeza do ambiente garante bem-estar e conforto para os alunos. Não dá para negligenciar essa tarefa.

Pátios

O pátio, assim como corredores e outras áreas de uso comum, é um ótimo espaço para a instalação de lixeiras da coleta seletiva. Esse recurso estimula à correta destinação dos resíduos, além de facilitar o trabalho das equipes de limpeza.

Ainda, deve-se prestar atenção a canteiros e jardins. A grama precisa estar sempre aparada para não haver proliferação de pragas. No mais, vale a pena manter um projeto de paisagismo, o que torna a instituição de ensino muito mais acolhedora aos olhos do público.

Refeitórios

Da cantina escolar ao restaurante universitário, aqui chegamos a um ponto crucial. Os locais onde há consumo de alimentos demandam higienização constante. Isso porque os restos de comida podem atrair baratas, ratos e outros seres indesejados.

Os produtos químicos aplicados no local serão, de preferência, sem cheiro. Afinal, odor de pinho ou lavanda não abre o apetite de ninguém, né? Após a limpeza, é importante ainda recolher embalagens vazias e descartá-las em lixeiras com tampa.

Saiba mais: 5 cuidados para a higienização do refeitório escolar

Biblioteca, brinquedoteca e laboratórios

As salas de estudo cumprem seu propósito quando são confortáveis. E limpas, claro. Poeira nas bancadas ou cheiro de mofo no entorno não combinam com bem-estar.

Na biblioteca, por exemplo, o pó e a umidade rendem mais um agravante: eles deterioram os livros. Por isso, vale a pena passar aspirador entre as prateleiras sempre que necessário. Não se usa vassoura nem espanador, já que esses utensílios apenas espalham as sujidades ainda mais.

Ah, e não se esqueça do dispenser com álcool em gel na entrada da sala. A higienização das mãos dos estudantes é importante para diminuir a proliferação de bactérias nos objetos que serão manuseados.

Por que terceirizar a limpeza do educandário

Uma equipe terceirizada ajuda você a atingir os melhores resultados de limpeza na instituição de ensino. Os profissionais conhecem as boas práticas do ramo e passam por treinamentos de capacitação periódicos. Dessa forma, oferecem um serviço de qualidade, com agilidade e comprometimento.

Terceirizar também é uma maneira de otimizar a gestão escolar. Quando a direção delega atividades-meio para quem entende do assunto, há uma tarefa a menos para resolver. Assim se pode investir mais energia nas decisões estratégicas, como as que envolvam captação de alunos e projeto pedagógico.

Precisa de orçamento para terceirização de serviços de limpeza e jardinagem? Entre em contato com a Inconfidência. Teremos satisfação em colaborar.

Atendimento via WhatsApp
Converse via WhatsApp com nossa equipe para tirar suas dúvidas ou solicitar a visita de um consultor em sua empresa